DevSecOps ou como impulsionar o desenvolvimento de aplicativos seguros

Por Setembro 27, 2018

A CA Technologies alerta que 77% dos aplicativos que passam para a fase de produção são vulneráveis a ciberataques. Isso porque, com a urgência de posicionar seus produtos, muitas empresas deixam a segurança de lado. No entanto, esta é uma falha lamentável, porque, mais tarde, leva a erros dispendiosos e, finalmente, faz com que os clientes percam a confiança nas instituições.

Nesse sentido, no mundo empresarial, a integração da segurança no ciclo de desenvolvimento produz aplicativos robustos a um custo menor. É por isso que surge o DevSecOps, uma prática emergente que foca na integração da segurança desde os estágios iniciais do processo até a implantação final dos aplicativos.

“O objetivo do DevSecOps é melhorar a situação global da segurança. Isso é buscado por meio de um conjunto de controles integrados que não afetam a agilidade e a colaboração próprias da filosofia DevOps. Adicionar simplesmente uma camada de ferramentas e processos de segurança padrão ao ciclo DevOps não funciona. É preciso aplicar controles, testes e verificações de segurança de forma automática e transparente, tanto no desenvolvimento, quanto na entrega e operação dos aplicativos”, explica Gartner.

O futuro: Códigos de qualidade

Hoje, as ciberameaças estão sofrendo mutações a uma velocidade vertiginosa e pesquisas relatam que as vulnerabilidades digitais aumentaram em 120% entre 2016 e 2018, ano após ano. Para enfrentar isso, a tendência DevSecOps focou em um dos grandes desafios da atualidade: códigos seguros e de qualidade.

Entre outras coisas, um código seguro oferece máxima proteção possível a dados críticos e sistemas; ajuda as empresas a reduzir riscos desde o início; e, finalmente, evita correções dispendiosas.

Levando em conta os dados apresentados e ao pensar sobre o desenvolvimento de aplicativos seguros, o DevSecOps foi traduzido como uma evolução natural na construção ágil e gerou soluções como a CA Veracode.

“Rápido, melhor e seguro”

A CA Veracode é uma plataforma versátil e fácil de gerenciar que suporta diversas linguagens. Com essa integração, o código de segurança é adicionado ao ciclo de desenvolvimento, porque os testes de segurança dos aplicativos são feitos desde o início e ao longo de todo o processo. Especificamente, esta ferramenta tem como foco:

  • Análise do código em diferentes fases do desenvolvimento;
  • Avaliação e melhoria da segurança nos aplicativos;
  • Geração de resultados a partir de relatórios concretos;
  • Gerenciamento de políticas;
  • Treinamento de desenvolvedores em torno da codificação segura;
  • Propor soluções ou mitigações.

É neste ponto que você deve ter em mente que a segurança dos aplicativos não se traduz em uma única ação. Pelo contrário, trata-se de um exercício em curso em que um marco ágil se tornou a rota para o sucesso.

Por fim, o DevSecOps mostrou às empresas grandes oportunidades, mas também desafios. No entanto, entender e aceitar a mudança poderia permitir um aumento na receita da empresa, sem ser afetado pelas vulnerabilidades.

Se você quer aprender como implementar DevSecOps e CA Veracode em sua empresa, nós podemos ajudá-lo aqui: www.widefense.com

Escrito por Kenneth Daniels
Gerente General at Widefense S.A.
LinkedIn: @kennethdaniels